Você está em: Home / Município / Apresentação / Imigração / Nativos

Nativos

A+ A- texto
normal

Segundo estudos realizados pela Eletrosul, o território que constitui hoje a vasta região do Alto Uruguai já era habitada pelo homem há pelo menos 10 mil anos. Nos últimos três séculos, a região foi habitada pelo grupo Caigangue que, inicialmente, vivia em estado de isolamento e contato intermitente com o bandeirante português.

No Século XIX, a ação missionária atuava no trabalho de catequese nos aldeamentos. No Século XX, os índios já estavam bastante aculturados pela ação dos colonizadores do século anterior.

Os traços característicos dos  índios caigangues são:  pele parda, olhos azuis, nariz chato, e fisicamente bem proporcionais.

Nos séculos XVII e XVIII, o caigangue era um índio de natureza dócil, pacífico e dado ao trabalho. Entretanto, no Século XX tornou-se taciturno, de pouca fala, muito comedido, pacífico, trabalhador e afetivo. Depois de pacificado e catequisado, mostra-se humilde, bondoso, capaz de assimilar bem ensinamentos.

A base econômica do índio caigangue até o Século XX foi a colheita de vegetais espontâneos, especialmente o fruto da araucária, completada pela caça e pesca. O artesanato também é um belo trabalho realizado por este povo.

Atualmente, encontramos índios caigangues nas regiões de Nonoai, Votouro, Charrua, Ventara e Cacique Doble.