Prefeitura Municipal de Erechim - Secretaria de Saúde registra mais de 99,6 mil atendimentos em 2014
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/9500/secretaria-de-sade-registra-mais-de-996-mil-atendimentos-em-2014

20/02/2015

Secretaria de Saúde registra mais de 99,6 mil atendimentos em 2014

Secretário e adjunta da pasta apresentam dados estatísticos para o prefeito Paulo Polis

Secretaria de Saúde registra mais de 99,6 mil atendimentos em 2014

Secretário e adjunta da pasta apresentam dados estatísticos para o prefeito Paulo Polis

A Prefeitura de Erechim, através da Secretaria de Saúde, registrou 78.724 atendimentos entre oncologia, cardiologia, medicina do trabalho, cartão SUS, tratamento fora do domicílio, exames terceirizados, controle e avaliação e autorização médica e 20. 954 atendimentos nas áreas de assistência social, fonoaudiologia, nutrição, dermatologia, pneumologia, otorrinologia, gastroenterologia, fisioterapia, cirurgia ambulatorial, ortopedia e enfermagem, totalizando 99.678 atendimentos no ano de 2014.
O relatório, com as estatísticas do ano de 2014 foi entregue ao prefeito Paulo Polis, na sexta-feira (13) pelo secretário de Saúde, Plínio Costa Jr., pela adjunta da pasta, Daniele Colla e pelo diretor executivo da Fundação Hospitalar Santa Terezinha, Rafael Ayub. A Secretaria de Saúde teve o orçamento de R$ 37,5 milhões no ano passado, o que representa 16,54% do orçamento do município.

Erechim – cidade polo em atendimento à saúde
“O sistema de atendimento em saúde de Erechim vem se tornando referência para a região do Alto Uruguai e norte do Estado. Com um dos melhores hospitais públicos do Rio Grande do Sul e cada vez mais próximo de receber um curso de medicina, a cidade vê sua rede de atendimento sendo ampliada progressivamente, com novas Unidades Básicas de Saúde e centros de atendimento, além da ampliação das equipes que atuam nos diversos bairros da cidade”, ressalta o prefeito Paulo Polis.
O prefeito destaca que o momento é de extrema importância para a cidade nesta área. “Assim como também vem acontecendo na educação, estamos construindo nestes últimos anos alguns avanços significativos que terão reflexo não apenas nos próximos anos, mas nas próximas décadas. Nosso sistema de saúde está sendo fortalecido para atender à demanda de toda região, e com estas prospecções teremos uma estrutura preparada para atender nossa população, desde os bairros até o centro, desde o atendimento básico até o especializado. Erechim está se consolidando como uma cidade com uma qualidade de vida especial para sua população, e isso se deve à soma de esforços de diversas pessoas que trabalham para continuarmos crescendo e nos estruturando”, declara o prefeito.

Relatório Anual
O relatório ainda aponta os números através do Setor de Exames Terceirizados como 501 exames de ressonância, 1.599 tomografias e 7.979 exames e consultas. Os exames liberados pela 11ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) totalizaram 359 entre cintilografia óssea, cintilografia renal, cintilografia pulmonar, cintilografia tireóide, densitometria óssea, dose samário, dose terapêutica, imonostoquimica, linfocintilografia, rastreamento e PCR.
Ainda, a Secretaria de Saúde forneceu 787 sessões de hidroterapia. “O serviço é dispendido a crianças de 0 a 12 anos, sendo que cada criança faz uma sessão por semana”, explica o secretário Plínio, ressaltando que no serviço de oxigenioterapia foram 526 cargas de oxigênio fornecidas aos pacientes. “Os pacientes recebem o oxigênio do município enquanto o processo tramita no Estado. Depois de autorizado pelo Estado o paciente passa a receber pela 11ª CRS”, explica o secretário de Saúde.
O Setor de Controle e Avaliação compra através de convênio com a Fundação Hospitalar Santa Terezinha 220 consultas/mês, distribuídas entre as especialidades de otorrinolaringologia, cirurgia vascular, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, cirurgia torácica, bucomaxilo, neurologia e urologia.
O documento entregue ao prefeito também aponta os dados do Setor de Transporte da pasta da Saúde. Foram 1.406 viagens para diversas localidades, entre elas, Passo Fundo (769) e Porto Alegre (286), sendo transportados 6.956 pacientes, 4.321 acompanhantes, totalizando 11.277 pessoas. O relatório ainda registra 365 consultas marcadas em Porto Alegre através do Sistema AGHOS – Central de Regulação Ambulatorial do Rio Grande do Sul. No sistema de transporte de ida e volta dentro do município foram 12.890 pessoas, numa média de 35 pacientes por dia.

Unidades Básicas de Saúde
A rede municipal de saúde é composta, entre outras unidades de saúde, por 12 UBS’s que se caracterizam como porta de entrada do sistema público de saúde, local onde se dá o primeiro contato com o usuário da rede de assistência. As UBS’s Aldo Arioli, Atlântico, Bela Vista, Capoerê, Centro, Estevam Carraro, Jaguaretê, Paiol Grande, Presidente Vargas, Progresso, São Cristóvão e São Vicente de Paulo registraram 407.218 procedimentos no ano sendo 196.561 no primeiro semestre e 210.657 no segundo semestre.

Estratégia de Saúde da Família 
A Estratégia de Saúde da Família (ESF) é uma estratégia de reorientação do modelo assistencial, operacionalizada mediante a implantação de equipes multiprofissionais em Unidades Básicas de Saúde. “Estas equipes são responsáveis pelo acompanhamento de um número definido de famílias, localizadas em uma área geográfica delimitada. Atuam com ações de promoção, prevenção, recuperação da saúde, reabilitação de doenças e agravos mais frequentes, como também na manutenção da saúde da comunidade”, afirma Plínio.
As equipes da Estratégia Saúde da Família são compostas por um médico, um enfermeiro, um técnico em enfermagem e de quatro a 12 Agentes Comunitários de Saúde (ACS). A equipe de Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde (EACS) é composta por um enfermeiro e até 12 ACS. Quando ampliada, conta ainda com um dentista, um auxiliar de consultório dentário e um técnico em higiene dental, chamada Equipe de Saúde Bucal. Atualmente, Erechim conta com 16 equipes da Estratégia de Saúde da Família e duas equipes de Saúde Bucal. Em 2014 foram 57.735 visitas realizadas no primeiro semestre e 54.694 no segundo semestre do ano.

Casa de Apoio – Albergue em Porto Alegre
O Albergue Municipal mantido pela Prefeitura de Erechim em Porto Alegre, destinado a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), onde são abrigados pacientes deslocados para exames e consultas especializadas na capital gaúcha, recebeu 3.359 pessoas em 2014. Os dados, que fazem parte do relatório da Secretaria de Saúde, apontam 2.099 pacientes e 1.260 acompanhantes que ficaram abrigados no local.
Com 18 anos de funcionamento, o Albergue é considerado modelo para as Casas de Solidariedade do Rio Grande do Sul. “O Albergue Municipal em Porto Alegre é um projeto extremamente bem sucedido onde buscamos, a cada dia, qualificar ainda mais o atendimento prestado às pessoas que utilizam os serviços. Essa casa tem um papel muito importante abrigando muitos pacientes que precisam de cuidado e tratamento em Porto Alegre”, pontua o secretário de Saúde

Outros números da Secretaria de Saúde
Fisioterapias autorizadas – 24.840
Consultas terceirizadas de cardiologia – 2.944
Consultas de oncologia liberadas pela 11ª CRS – 169
Atendimentos no Centro de Especialidades Odontológicas – 2.497
Procedimentos no Centro de Referência em Saúde da Mulher – 3.182 (2º semestre)
Atendimentos Ambulatório Saúde Mental – 6.395
Chamados Ambulância SAMU – 1.970
Chamados Ambulância Cidadã – 4.352
Procedimentos Vigilância Epidemiológica e Imunizações – 4.515
Procedimentos Vigilância Sanitária – 7.164
Procedimentos Serviço DST/AIDS – 6.602
Atendimentos CEREST/AU –12.396
Atendimentos CAPS II – 991
Atendimentos CAPS AD – 10.098