Prefeitura Municipal de Erechim - Novo anel viário começa a ganhar asfalto
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/8765/novo-anel-virio-comea-a-ganhar-asfalto

24/07/2014

Novo anel viário começa a ganhar asfalto

Novo anel viário começa a ganhar asfalto

 

Após Corsan concluir canalizações, novo pavimento já está sendo colocado

 

 

 

 

 

A rua Pedro Álvares Cabral já começa a ganhar suas primeiras quadras com novo asfalto. A obra, que faz parte da criação do anel viário central, para desafogar o tráfego de veículos, conta com retirada do antigo asfalto, nivelamento e colocação de novo pavimento. Além disso, canteiros também foram removidos, para no futuro haver a adoção de mão única na via. A obra está orçada em cerca de R$ 800 mil.

 

 

 

Na atual etapa estão sendo executadas seis quadras, entre a rua Espírito Santo e a rótula da avenida 15 de Novembro. A prefeita em Exercício de Erechim, Ana Oliveira, acompanhou os trabalhos durante a semana, junto ao secretário de Obras, Jorge Psidonik, e ao chefe da Divisão de Análise da Secretaria de Obras, Milton Fracaro.

 

 

 

Está é a primeira intervenção no anel viário, que irá melhorar o fluxo de carros no centro de Erechim. Nas próximas etapas haverá a remoção de rótulas e colocação de semáforos, além da implantação de mão única em diversas vias, paralelas e transversais às avenidas Sete de Setembro e Maurício Cardoso. Também haverá melhorias para os estacionamentos, com ampliações de vagas oblíquas”, descreveu Ana.

 

 

 

A Pedro Álvares Cabral, assim como demais ruas que recebem novo asfalto no município, estão passando por planejamento em conjunto entre a administração municipal e a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). Na via, destaca o secretário Jorge, o asfalto só começou a ser executado após a Corsan terminar a troca de canalizações.

 

 

 

Constantemente estamos reunindo a Ager (Agência Reguladora de Erechim), a Corsan, a empreiteira responsável pela obra e a equipe da Secretaria de Obras para definir o cronograma dos asfaltamentos. Assim trabalhamos em conjunto e evitamos que asfaltos recém feitos tenham que ser quebrados para manutenção de tubulações. Dessa forma diminuímos transtornos à população e economizamos tempo e recursos públicos”, disse Jorge.

 

 

 

Outra preocupação do município diz repeito a preservação do meio ambiente. Na Pedro Álvares Cabral, as árvores retiradas dos canteiros foram replantadas próximas à Igreja do São Pedro. Além disso, a preservação de uma timbaúva na divisa com a rua Espírito Santo, irá reduzir custos.

 

 

 

Sempre que possível, vamos transplantar por completo as árvores, em um trabalho conjunto à Secretaria de Meio Ambiente. Em um primeiro momento, chegou a ser discutida a retirada da timbaúva e a colocação de semáforos. Porém, a prefeitura optou por manter a árvore e por construir um canteiro para orientar o trânsito. Sairá mais barato, por não ter que adquirir um conjunto semafórico e a árvore continuará lá”, explicou Jorge.

 

 

 

As obras de asfaltamento no município dependem das condições do tempo. Em dias chuvosos não é possível aplicar asfalto nas vias.