Prefeitura Municipal de Erechim - OP empossa mais de 300 delegados
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/8762/op-empossa-mais-de-300-delegados

23/07/2014

OP empossa mais de 300 delegados

 

Ato no Clube Atlântico conta com representantes de 88 comunidades de Erechim

 

 

 

 

 

A prefeitura de Erechim torna oficialmente empossados 338 delegados do Orçamento Participativo (OP), que representam moradores de 88 comunidades do município.O ato de posse e entrega dos certificados ocorreu na noite desta terça-feira (22), no Clube Atlântico. Os delegados serão responsáveis por definir o montante de recursos que será destinado para atender as demandas escolhidas pelas comunidades, durante o ciclo de 2014.

 

 

 

Além de debater o valor aplicado em cada demanda, os mais de 300 delegados terão a função de acompanhar a execução e elaborar os orçamentos das obras. As demandas escolhidas pelas 17 regiões de Erechim em 2014, serão executadas no ano de 2015, com o recurso de R$ 6 milhões. Entre os pedidos estão obras de infraestrutura, saúde, educação, segurança, agricultura, dentre outros.

 

 

 

A conselheira do OP Isamara Cechet, que no ato falou em nome de todos delegados e conselheiros, aproveitou para incentivar a participação das pessoas. Ela lembrou a impressão que teve do OP em 2009 e o conceito que possui hoje, cinco anos depois.

 

 

 

“Quando a prefeitura deu início ao OP em 2009, muitos diziam que não iriam participar, porque isso era mais uma coisa que não daria em nada. Mas o que aconteceu foi o contrário. Deu certo. O que a população pede acontece. Muitas obras que estão nas comunidades, jamais existiriam sem o OP. Por isso eu peço para que acreditem, para que participem, porque dá resultado, as obras estão em todos os lugares”, declarou.

 

 

 

Nos cinco anos do OP mais de 250 obras foram realizadas, em todas as comunidades de Erechim, seja na cidade ou no interior. Foram mais de R$ 20 milhões aplicados em demandas que a população escolheu. A prefeita em exercício de Erechim, Ana Oliveira, apontou a importância de as pessoas fazerem parte da administração dos recursos públicos.

 

 

 

“Não é a toa que somos considerados a quinta cidade mais desenvolvida do Rio Grande do Sul e somos a que mais gera emprego no estado. Temos inúmeras obras e grande parte delas foi graças à participação das pessoas, que deram seu esforço para que o município tivesse suas conquistas. Fico feliz em fazer parte da administração num período de tanto crescimento”, afirmou.

 

 

 

O secretário municipal de Coordenação e Planejamento, Anacleto Zanella, falou dos números da participação deste ano e afirmou que a prefeitura trabalhará para aumentar mais nas próximas edições. O OP contou com reuniões preparatórias e com assembleias nas 17 regiões entre fevereiro e maio, e também, em junho, com votações em urnas e pela internet para as demandas regionais – que são aquelas que beneficiam o conjunto de comunidades de cada região.

 

 

 

“Entre preparatórias e assembleias nos bairros foram mais de 3 mil participantes. Para as votações das demandas regionais, registramos mais de 8 mil eleitores. São bons números, mas poderemos melhorar. Há algumas décadas não podíamos nem escolher nosso presidente ou governador e hoje há a possibilidade de escolher até os locais em que o Poder Público vai aplicar os recursos. As pessoas têm que cada vez mais exercer seu direito de cidadão”, defendeu.

 

 

 

Além de Ana e Anacleto, participaram do ato de posse os secretários municipais de Agricultura, Luis Parise, de Obras, Jorge Psidonik, de Comunicação, Salus Loch, os secretários adjuntos de Cidadania, Janiquele Dalla Vechia, de Educação, Juliane Bonez, e de Coordenação e Planejamento, Jaime Basso, o presidente da Câmara, Sérgio Bento, os vereadores José da Cruz, Lucas Farina, Fernando Barp, Francisco Melle, o Dica, e Valdemar Loch, e a coordenadora do OP Terezinha Magaieski.