Prefeitura Municipal de Erechim - Prefeitura de Erechim firma convênio com o EAEC para buscar etapa do Mundial de Rally
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/7720/prefeitura-de-erechim-firma-convnio-com-o-eaec-para-buscar-etapa-do-mundial-de-rally

20/11/2013

Prefeitura de Erechim firma convênio com o EAEC para buscar etapa do Mundial de Rally

Prefeitura de Erechim firma convênio com o EAEC para buscar etapa do Mundial de Rally

 

Com a proposta de trazer para Erechim, ainda em 2015, uma etapa do Campeonato Mundial de Rally (WRC, a sigla em inglês), a Prefeitura de Erechim e o Erechim Auto Esporte Clube (EAEC) firmaram um importante convênio esta semana. Aprovada pela Câmara de Vereadores, a parceria consiste no repasse de R$ 180 mil, por parte do poder público, para que o EAEC elabore o estudo de viabilidade da prova na Capital da Amizade.

 

 

Neste sentido, já no próximo ano, os organizadores do Rally Internacional de Erechim têm como meta elevar a etapa local à condição de uma prova do ‘Pré-Mundial’ de Rally. Para tanto, explica Roland Koller, presidente do EAEC, é preciso avançar numa série de processos técnicos e burocráticos junto à Federação Internacional de Automobilismo (FIA). “A largada em busca deste sonho foi dada ainda na edição do Rally deste ano, quando o ministro dos Esportes, que esteve em Erechim prestigiando nossa prova, disse que era parceiro para trazermos o Mundial para cá. Intensificamos nossos contatos no meio, e aceleramos nesta perspectiva, sempre com o apoio da Prefeitura. Agora, com este aporte financeiro, iremos elaborar o estudo de viabilidade, em parceria com a Brunoro Sport and Business (BSB), e apresentar à FIA. Estamos bastante confiantes”, explica Koller.

Erechim é o Brasil na disputa

Para o prefeito Paulo Polis, a população de Erechim e região já tem o Rally como um evento de referência, e que leva o nome da cidade para diversos países da América do Sul, gerando, ainda, importante retorno econômico para o município. “Nosso apoio para que consigamos sediar uma etapa do Mundial de Rally é incondicional, pois sabemos o que isso representará para o município. Felizmente, o governo da presidente Dilma, através do ministro Aldo Rebello, se mostrou sensível ao nosso pleito, e também é parceiro nesta caminhada até por que Erechim representa o Brasil na luta por uma etapa do Mundial, e isso não é pouca coisa”, destaca Polis – que faz questão de lembrar, também, o trabalho de excelência realizado pelos voluntários do Rally de Erechim. “Desde 2006, a prova erechinense é avaliada como a melhor do Campeonato Sul-americano, e vem a cada ano aumentando o número de competidores no grid e público presente. E isso é fruto de um trabalho sério liderado pela equipe do EAEC e seus voluntários, com o apoio do município”, resume.

Para o prefeito, tornar a prova integrante do calendário do WRC trata-se do início de um novo ciclo para o evento, que já integra o calendário de eventos oficiais do município.

O Mundial WRC

O Campeonato Mundial WRC é disputado pelas principais montadoras de automóveis do planeta, e envolve vários países. A expectativa pela volta do Brasil em receber uma etapa do Mundial WRC há tempos toma conta dos bastidores do esporte no país. A última vez que o Brasil recebeu uma prova da competição intercontinental foi no início da década de 80.

Na América do Sul, apenas a Argentina recebe etapa do Mundial WRC, e no continente americano, também o México já recebeu eventos nos últimos anos.

 

 

Erechim se tornou referencia do esporte no Brasil e na América do Sul, com o passar dos anos. Público, organização e competidores formaram um triângulo de sucesso. Em 2013, foram mais de 80 carros no grid e 90 mil pessoas assistindo ao evento.

Em termos de dimensão, valores envolvidos e repercussão na mídia, o WRC só perde em importância, nos eventos FIA, para o Mundial de Fórmula 1.