Prefeitura Municipal de Erechim - Novas tecnologias para melhora do tratamento oncológico no Santa Terezinha
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/17684/novas-tecnologias-para-melhora-do-tratamento-oncolgico-no-santa-terezinha

03/03/2023

Novas tecnologias para melhora do tratamento oncológico no Santa Terezinha

Essa grande conquista para a saúde pública e no tratamento oncológico disponibilizado pelo SUS só foi possível graças a união de esforços e de sentimentos de solidariedade e de amor ao próximo

Novas tecnologias para melhora do tratamento oncológico no Santa Terezinha

No final de janeiro deste ano, a Prefeitura de Erechim e o Hospital Santa Terezinha receberam a doação da Touca Inglesa Paxman para o Setor de Oncologia da Casa de Saúde feita pelo Colegiado de Prefeitos e das Primeiras-Damas da Associação dos Municípios do Alto Uruguai (AMAU), Sicredi UniEstados e Cooperalfa.

 

Essa grande conquista para a saúde pública e no tratamento oncológico disponibilizado pelo SUS só foi possível graças a união de esforços e de sentimentos de solidariedade e de amor ao próximo.

 

Essa tecnologia de ponta passa a ser ofertada gratuitamente a pacientes em tratamento contra o câncer no Hospital Santa Terezinha de Erechim pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e, nesta sexta-feira (3) foi realizada a primeira sessão com o novo aparelho Touca Inglesa Paxman.

 

Conforme explica o diretor Executivo da Casa de Saúde, Jackson Arpini, após o tema ser levado ao Colegiado da AMAU, integrantes do mesmo e o diretor do hospital fizeram visitas, ainda no início de 2022, a hospitais de Porto Alegre que possuem essa tecnologia, para conhecer o equipamento, indicações técnicas e viabilidade de aplicação no SUS.


“Após as visitas in loco começaram as negociações com a empresa detentora da tecnologia, para o que equipamento pudesse ser instalado no Hospital Santa Terezinha, uma Casa de Saúde de referência. Vencidas estas etapas começaram a ser firmadas as parcerias para efetivação da demanda, que resultou na aquisição da touca Inglesa, no valor de R$ 203 mil”, afirma o diretor Executivo.


Após a entrega do equipamento ocorreu um treinamento técnico para a equipe do Setor de Oncologia do Hospital, para correta indicação e utilização, no sentido de que os resultados sejam os mais promissores possíveis.


“Partimos de um sonho que chegou ao grupo por uma primeira-dama da AMAU e unimos esforços para que o sonho se transformasse em realizada. A touca Inglesa tem por finalidade reduzir a queda de cabelos durante o tratamento quimioterápico, o que auxilia na resposta terapêutica e, de modo especial, na questão emocional”, disse Jackson Arpini.


Importante frisar que a touca tem protocolos de indicação, não sendo aplicada para todos os casos, segundo recomendações técnicas do fabricante.


“É um grande avanço para o sistema público de saúde da região, a partir do momento que ofertamos um servido desta natureza, que via de regra, está disponível na iniciativa privada”, finaliza o diretor Executivo da FHSTE.

 

Como funciona

 

A touca, conectada a uma unidade de refrigeração, é colocada na cabeça do paciente cerca de 30 minutos antes da infusão dos quimioterápicos e mantida em torno de uma hora e meia após ser finalizada, dependendo do protocolo adotado. O sistema resfria o couro cabeludo a uma temperatura em torno de 18°C. Com isso, diminui o fluxo sanguíneo nos folículos capilares e reduz a absorção dos fármacos na região.