Prefeitura Municipal de Erechim - Estiagem e consumo de água preocupam Poder Público

https://www.pmerechim.rs.gov.br/noticia/17527/estiagem-e-consumo-de-gua-preocupam-poder-pblico

18/01/2023

Estiagem e consumo de água preocupam Poder Público

Prefeito em exercício, Flávio Tirello e o presidente da Câmara de Vereadores, vereador Sérgio Alves Bento, estiveram no reservatório da Corsan.

O prefeito em exercício, Flávio Tirello e o presidente da Câmara de Vereadores, vereador Sérgio Alves Bento, estiveram na tarde desta terça-feira (17), visitando a barragem da Corsan, que abastece o município de Erechim. Pelo terceiro ano consecutivo, o município vive um momento de estiagem e o nível da barragem o consumo de água preocupam.

 

Segundo a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Municipais de Erechim (AGER), o reservatório da barragem da Corsan, está 50 centímetros abaixo do vertedouro e a transposição do Rio Cravo tem bombeado água para o abastecimento 24 horas por dia. “A falta de volume de chuva tem nos preocupado, não só pela barragem da Corsan, mas também pelas nascentes de água e o próprio Rio Cravo. A transposição tem sido a solução para manter o abastecimento, mas a falta de chuva considerável é fator de risco”, explica o prefeito em exercício, Flávio Tirello.

 

Consciência da população

 

Os líderes fazem um apelo para que a comunidade não faça o uso irresponsável de água nesse momento. São consumidos 16 milhões de litros de água potável diariamente em Erechim. Além da estiagem, a cidade sofre com o problema de 42% de perdas ao ser transportada para as residências, principalmente, por rompimentos na tubulação. A AGER notificou a Corsan, responsável pelo abastecimento de água no município por estes problemas recentemente.

 

O prefeito em exercício, Flávio Tirello, comentou que o Poder Executivo está em contato com o Governo do Estado e a Corsan, visando melhorar a qualidade dos serviços à população. “Nós temos agendas quase que semanais em Porto Alegre. Nosso sistema de água e também a questão de esgoto precisam de uma solução imediata, afinal, quem é impactado por esses serviços é nossa população”, finaliza Flávio.