Prefeitura Municipal de Erechim - Vice-prefeito Flávio recebe integrantes do Rotary que vão incentivar a vacinação da poliomielite

https://www.pmerechim.rs.gov.br/noticia/16904/vice-prefeito-flvio-recebe-integrantes-do-rotary-que-vo-incentivar-a-vacinao-da-poliomielite

11/08/2022

Vice-prefeito Flávio recebe integrantes do Rotary que vão incentivar a vacinação da poliomielite

O vice-prefeito Flávio Tirello, recebeu na manhã desta quinta-feira (11), no Salão Nobre da Prefeitura de Erechim, o governador do Rotary – Distrito 4700, Antoninho Scottá e integrantes dos quatro clubes de Rotary, dois clubes de Rotaract, Interact Club, Rotary Kids e Casa da Amizade de Erechim.

 

Entre os assuntos abordados, o grupo explanou a preocupação sobre os baixos índices que a vacinação da pólio vem atingindo nos últimos anos. A poliomielite é uma doença contagiosa que pode causar paralisia. Segundo a FIOCRUZ, desde 2015, o Brasil não cumpre a meta de 95% do público-alvo vacinado, patamar necessário para que a população seja considerada protegida da doença. Os integrantes do Rotary Club devem promover ações para promoção da vacinação.

 

A Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação de 2022 iniciou na última segunda-feira (8) e segue até 9 de setembro em todas Unidades de Saúde, de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h30. Além disso, no sábado 20 de agosto, será o Dia D, das 8h às 14h com vacinação em todas Unidades de Saúde.

 

Quem deve tomar a vacina da Poliomielite?

 

Conhecida como a Gotinha, os responsáveis por crianças de 1 ano aos 4 anos, 11 meses e 29 dias devem leva-las para fazer a imunização anualmente.

 

Cobertura vacinal em Erechim

 

No ano passado, Erechim atingiu 74,14% da cobertura vacinal, em 2020 foi 79,40% e neste ano, até julho já atingiu 73,13% - a meta é 95% do público alvo, que são crianças de 1 a 5 anos de idade.

 

O vice-prefeito Flávio Tirello agradeceu a mobilização e prontificou o município em auxiliar nessa campanha, em especial nas UBS e Escolas Municipais. “A pólio é uma doença erradicada, mas as baixas coberturas vacinais podem representar que nossas crianças estão desprotegidas. Vamos nos unir para proteger nosso futuro”, explica o vice-prefeito.