Você está em: Home / Notícias / Famílias de Capo-Erê realizam Intercâmbio Agroflorestal em Sananduva

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

ASSISTÊNCIA SOCIAL
17 de Maio de 2022

Famílias de Capo-Erê realizam Intercâmbio Agroflorestal em Sananduva

Famílias de Capo-Erê atendidas pelo Projeto “Conhecer para Incluir” do Cadastro Único para programas sociais realizaram um Intercâmbio Agroflorestal em Sananduva com integrantes do grupo Pé na Terra, que tem enfoque o cultivo e o processamento de alimentos que garantam saúde e inclusão social. A essência da produção é baseada nos princípios naturais dos ecossistemas, através da agrofloresta, onde são aliadas a recuperação florestal com a produção de alimentos sem agroquímicos.

 

O grupo visitou uma unidade de produção agroflorestal, o “Sítio Dossel”, com diversidade de produção de hortaliças, verduras, árvores frutíferas e grãos. Na oportunidade, o almoço foi servido na Utopia Gastronomia, restaurante cujos principais objetivos estão focados em uma alimentação saudável e diversificada, tendo destaque o fornecimento de produtos advindos da agricultura não degradante, onde se obtém um positivo desenvolvimento econômico e sustentável. A atividade contou também com a visitação na Cooperativa Coopvida de beneficiamento de alimentos, que comercializa a produção de grupos de produção agroecológica da região.

           

O dia de campo foi promovido através da parceria entre o Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA) e da Secretaria Municipal de Assistência Social, com execução do Setor do Cadastro Único através dos Grupos Caminho Coletivo Capô-Erê e Educação Popular e Cidadania. Conforme a secretária de Assistência Social, Clarice Moraes, iniciativas como essa que valorizam e incentivam as boas práticas de empreendedorismo na promoção do desenvolvimento rural sustentável. “Nessas ações, podemos em grupos, identificar projetos inovadores e sustentáveis em um esforço conjunto para difundir a alimentação saudável e o reconhecimento que a degradação total do meio ambiente ainda pode ser evitada”, comenta.