Prefeitura Municipal de Erechim - AGER busca agilidade nos serviços de água e alternativas para transporte coletivo
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/16324/ager-busca-agilidade-nos-servios-de-gua-e-alternativas-para-transporte-coletivo

21/03/2022

AGER busca agilidade nos serviços de água e alternativas para transporte coletivo

AGER busca agilidade nos serviços de água e alternativas para transporte coletivo


Temas de interesse público, de toda a comunidade. Essa foi a finalidade das duas reuniões importantes que participaram os diretores da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Municipais de Erechim (AGER), Valdir Farina e Edgar Radeski, em Passo Fundo, com representantes da Corsan e Coleurb, na quinta-feira (17).

Demora na repavimentação

Na Corsan, comentam os diretores da AGER, eles conversaram com o superintendente regional, Aldomir Antônio Santi, sobre vários assuntos em que há regulação e fiscalização pela AGER. Dentre eles, eles destacaram a questão da demora e atrasos na repavimentação das ruas e passeios quando acontecem os consertos – dos mais diferentes tipos - de vazamentos na rede de água no município de Erechim.

“A execução desses serviços foi terceirizada e a empresa foi cobrada para atender mais diligentemente o contrato”, afirmaram Valdir Farina e Edgar Radeski. O diretor da Bonfanti, empresa que executa a repavimentação, disse, inclusive, que estará na sede da AGER para falar sobre este assunto.

A empresa Bonfanti, na manhã de sexta (18), disse à AGER que aumentou a equipe que faz a repavimentação em Erechim, para assim recuperar mais rapidamente as vias em que forem feitos os consertos.

Transporte público

Na empresa de transporte coletivo público de Passo Fundo, a Coleurb, Farina e Radeski foram recebidos pela gerente geral, Paula Bulla, e na ocasião, foram discutidas as principais ações sobre transporte público, a relação entre a empresa e o município de Passo Fundo.

“Apesar de ser uma cidade bem maior e com o transporte de passageiros quase três vezes maior do que Erechim, as dificuldades são muito semelhantes. A crise que envolveu o setor, nos dois últimos anos, desafia constantemente a manutenção do setor de transporte coletivo”, observam.