Você está em: Home / Notícias / Comitê Municipal Covid volta a se reunir

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

SAÚDE
21 de Janeiro de 2022

Comitê Municipal Covid volta a se reunir

Depois de duas semanas consecutivas recebendo Avisos do Gabinete de Crise do Governo do Rio Grande do Sul, com base nos indicadores do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o Governo do Estado gerencia a pandemia, na última quarta-feira (19) a região R16, que inclui os 32 municípios da Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU), e também Rio dos Índios e Nonoai recebeu um Alerta.

 

O Alerta significa que a região segue em monitoramento até a próxima reunião do GT Saúde, por isso, nesta quinta-feira (20) o Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus da AMAU esteve reunido de forma online, e definiu por ampliar as orientações da adoção das medidas preconizadas e a retomada das reuniões semanais dos Comitês Municipais.

 

Diante disso, na manhã desta sexta-feira (21), na Secretaria Municipal de Saúde, os membros do Comitê Covid estiveram presentes em uma reunião coordenada pelo vice-prefeito de Erechim, Flávio Tirello. Dentre as pautas, foram apresentados os dados do aumento de atendimentos de casos de síndromes respiratórias, suspeitos de Covid-19 ou gripe e por consequência, também do aumento pela procura de testes. No boletim de quinta-feira (20), o município registrava 299 casos ativos da doença.

 

Foi apresentado ao Comitê Covid o risco de desabastecimento de testes, que já é uma realidade em alguns casos da Rede Privada. Por isso, foram definidos critérios para Saúde Pública encaminhar pacientes para testagem, com base na Nota Informativa Nº41 CEVS/SES-RS, destinados a grupos prioritários como: trabalhadores assistências da área da saúde; sintomáticos respiratórios com febre e/ou (calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse coriza, distúrbios olfativos ou gustativos); gestantes com desconforto respiratório e/ou os sintomas citados acima. As demais pessoas não serão testadas nesse momento, ou seja, pacientes com sintomas leves (sem febre e/ou dispneia), assintomáticos e contactantes vacinados de casos positivos. 

 

Além disso, o Comitê Covid reforça os cuidados de proteção individual como uso de máscara, lavar as mãos e usar álcool em gel. O Comitê Covid também externou a preocupação da possibilidade de desabilitarem dez leitos extras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Terezinha, o que pode representar um risco diante do cenário.

 

O vice-prefeito Flávio Tirello destacou que o cenário é diferente e exige cuidados e paciência, porque o número de atendimentos no Sistema Público de Saúde dobrou nas últimas semanas. “Nós estamos em um cenário de contaminação e que os protocolos é que vão nos ajudar no controle. Além disso, felizmente não estamos vendo isso se refletir no número de hospitalizados, o que reforça a importância do esquema vacinal das pessoas”, explica.