Você está em: Home / Notícias / Prefeitura faz reunião com a Empresa responsável pela construção da Escola Maria Clara e pela reforma da EMEF Luiz Badalotti

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

EDUCAÇÃO
15 de Dezembro de 2021

Prefeitura faz reunião com a Empresa responsável pela construção da Escola Maria Clara e pela reforma da EMEF Luiz Badalotti

A Prefeitura de Erechim, através da Secretaria Municipal de Educação convocou, na última terça-feira (14), a Empresa responsável pela construção da nova Escola Municipal de Educação Infantil Maria Clara e pela reforma da Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Badalotti para tratar sobre a agilidade e o comprometimento diante das duas obras que estão sendo realizadas.

O contrato com a Empresa Boa Obra Construtora Eireli para a construção da nova EMEI Maria Clara, foi firmado no dia 19/11/2020 e o término estava previsto para novembro de 2021, no entanto a Empresa pediu um aditivo de prazo para que a obra pudesse ser concluída. A Secretaria de Educação após notificação da Empresa firmou um aditivo de 90 dias, período menor do qual a era o pedido. Da mesma forma a reforma da EMEF Luiz Badalotti teve o contrato assinado no dia 11/06/2021 com quatro meses para término e a Empresa não conseguiu terminar no período previsto.

Diante dos fatos que estão ocorrendo nas duas obras, como também da seriedade que a Prefeitura está tratando com os contratos firmados, da cobrança da Comunidade Escolar da Escola Luiz Badalotti e da sociedade como um todo para o término da Escola Maria Clara,  a secretária de Educação, Verenice Lipsch convocou a reunião com representantes da Empresa, Gestores de Contratos e Obras, Secretaria de Administração, Procuradoria Geral do Município e o prefeito Paulo Polis.

O prefeito Paulo Polis pediu urgência na resolução do problema, visto que o tema trata do atendimento de crianças da Educação Infantil, uma demanda da sociedade, como também da reforma da Escola Luiz Badalotti para que a Comunidade Escolar seja atendida. “Estamos falando de um tema que é de suma importância para o Município. Estamos falando das Escolas Municipais, para que possamos garantir não só o acesso à escola, mas a qualidade e a segurança no atendimento”, pontua. 

A Empresa Boa Obra Construtora Eireli apresentou suas justiticativas, destacando que o período pandêmico atrapalhou o cronograma. A falta de matéria prima e de mão de obra no período também foi uma dificuldade para avançar com as obras, mas a empresa garantiu que agora está retomando as atividades e se comprometeu a finalizar as mesmas. Na reunião ainda, foram tratados assuntos administrativos e jurídicos para que as obras tenham a continuidade dentro do período previsto.