Você está em: Home / Notícias / Projeto de captação de água da chuva e irrigação da horta escolar envolve a Comunidade Escolar da EMEF Jaguaretê

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

EDUCAÇÃO
19 de Novembro de 2021

Projeto de captação de água da chuva e irrigação da horta escolar envolve a Comunidade Escolar da EMEF Jaguaretê

A Escola como local de discussão e apropriação de conhecimento procura implementar ações reflexivas e estruturais no espaço educativo que emergem da contemporaneidade. Um dos assuntos que ganhou espaço nas salas de aula e nas conversas com as famílias foi o uso racional da água e suas finalidades em atividades do dia-a-dia. Em tempos que enfrentamos a escassez de água com mais frequência e evidenciamos a necessidade eminente de reduzir o consumo de água para a conservação desse recurso natural, estudantes, professores e pais da Escola Jaguaretê tem se mobilizado para pensar medidas de uso racional da água no estabelecimento escolar e consequentemente nas propriedades.

 

Diante disso, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Jaguaretê está desenvolvendo o Projeto “Implementação do sistema de captação de água da chuva e irrigação por gotejamento na Horta Escolar”. Esse sistema tem se configurado como uma alternativa viável para fins não potáveis no ambiente da escola, como, limpeza de calçadas e área externa, rega de plantas e principalmente da implementação de um sistema de irrigação na horta escolar.

 

Para execução da proposta a Escola contou com a parceria do Sicredi UniEstados, o qual através do Fundo Social destina valores para execução de projetos nos mais diversos segmentos, sejam eles sociais, ambientais ou econômicos e que tragam benefícios coletivos para toda comunidade. Ainda, a participação dos pais dos estudantes foi fundamental para instalação das estruturas que sustentam o sistema de captação e irrigação e na reforma e reestruturação da estufa já existente, bem como da Secretaria Municipal de Educação que auxiliou no transporte de materiais. Durante as aulas de Agroecologia que fazem parte do Programa de Educação Integral Castelinho, ministradas no contraturno escolar, a professora Camila Dipp envolveu os estudantes do 5º ao 9º ano nas diferentes etapas do Projeto, principalmente na limpeza, adubação e instalação do sistema de irrigação na horta.

 

“Esse sistema capta a água da chuva utilizando o sistema de calhas já instalado na escola, com algumas adequações. A água fica armazenada na caixa de polietileno e com auxílio de uma bomba de sucção é distribuída por meio de canos para diferentes necessidades da escola, como irrigação da horta por meio do sistema de gotejamento, limpeza de calçadas e área externa, bem como para regar frutíferas e flores no pátio escolar. Em relação ao sistema de irrigação por gotejamento, escolhido para ser instalado na horta escolar, ele distribui a água lenta e diretamente na zona radicular, através de canos e mangueiras flexíveis de polietileno, com emissores ou gotejadores incorporados em linha, que se estende ao longo das linhas das plantas”, explica a professora Camila Dipp.

 

Além disso, o cultivo das verduras e legumes vai envolver todos os estudantes e a produção da horta será utilizada na merenda escolar. A diretora da EMEF Jaguaretê, Priscila Arcego, destaca o uso do que é produzido pelos estudantes. “Ainda utilizamos o material orgânico produzido na composteira para adubação nos canteiros. As técnicas aplicadas se aproximam da agricultura orgânica que é um modelo de produção caracterizado por não utilizar fertilizantes sintéticos, agrotóxicos, sementes modificadas, reguladores de crescimento animal e intensa mecanização das atividades, reduzindo os impactos ambientais e cultivando alimentos mais saudáveis”, finaliza.