Você está em: Home / Notícias / Erechim 90 Anos - Largo Affonso dos Santos Tacques foi inaugurado na segunda-feira

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

22 de Abril de 2008

Erechim 90 Anos - Largo Affonso dos Santos Tacques foi inaugurado na segunda-feira

    Dentro da programação “Erechim 90 Anos – Terra dos Povos e do Trabalho” foi realizada ontem (21), a inauguração oficial do Largo Affonso dos Santos Tacques, próximo a Prefeitura de Erechim. A placa comemorativa foi descerrada pelo Prefeito Eloi Zanella, e pelos filhos do homenageado Ivan, Ivoni, Ivani Tacques.
    Na oportunidade Ivan Tacques agradeceu em nome da família ao Poder Executivo pela distinção e ao Poder Legislativo por aprovarem o Projeto de Lei que denominou o espaço público. “Quis o destino que no ano em que se comemoram os 90 Anos de Erechim, Affonso Tacques fosse homenageado. Esta placa demonstra o reconhecimento da comunidade de Erechim, e traz para nós a lição familiar, de que não nos envaidece, mas que determina a sua família, que deveremos honrar cada vez mais este município, porque ele esteve no caminho certo e nós teremos obrigação de trilhar o caminho da honradez, da honestidade e do trabalho”.
    O Prefeito Eloi Zanella ao relatar importantes fatos que marcaram a história de Erechim e que tiveram a participação efetiva de Affonso Tacques, destacou que a homenagem perpetua seus atos. “Erechim nos seus 90 anos, certamente têm muitas pessoas que fazem parte da construção de sua história, e Affonso Tacques é uma delas. Ele deu uma contribuição magnífica, visível, pautável e que não deve ser apenas lembrada, mas perpetuada. Devemos dar seqüência ao seu trabalho, garantindo a nossa comunidade a qualidade de vida, a felicidade, a segurança e que ela sonha para si e para seus filhos”.
    Affonso dos Santos Taques, foi Deputado Estadual eleito em dois mandatos 1970/1974 e 1975/1978, vereador de Erechim em duas legislaturas, 1963/1967 e 1968/1970 pelo extinto PDS, e Servidor Público Estadual da Companhia Estadual de Energia Elétrica – CEEE, por 35 anos, onde começou como simples eletricitário e se aposentando no mais alto posto da empresa.
    Nasceu em Palmeira das Missões no dia 6 de Junho de 1912, filho de Alexandre e Universinda dos Santos Tacques. Do casamento com Cacilda Aguiar Tacques, nasceram os filhos: Ivoni, Ivam, Ivani, e Josino; netos: Fabiola, Daniela, Fabiana, Fernanda, Alexandre, Luciano, e Andressa; bisnetos: Bruna, Aline, e Guilherme.
    Affonso Tacques foi professor, comerciante, industrialista, gerente regional da CEEE em Erechim, presidente da Câmara, Patrão e Patrão de Honra do CTG Galpão Campeiro, Sócio Benemérito da Associação de Estudantes de Erechim e atuou ativamente na maioria das entidades do município.
    Na Assembléia Legislativa foi vice-presidente da Comissão de Educação e Cultura, presidente da comissão parlamentar especial de eletrificação rural, e membro de várias comissões. Como deputado atuou decisivamente na recuperação da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.
    Foi distinguido com a Medalha do 2º Centenário de Nascimento de José Bonifácio de Andrade e Silva – o Patriarca; Medalha do Bicentenário da Câmara Municipal de Porto Alegre; Medalha do Biênio da Colonização e Imigração; Cartão de Ouro e Prata da CEEE; Medalha de Honra ao Mérito da Banda Marcial do Colégio Estadual Professor Mantovani de Erechim; Insígnia de Ouro da CEEE; e Comenda Bota Amarela.
    Tacques recebeu título de Cidadania Honorária de São Valentim, Barão de Cotegipe, Itatiba do Sul, São José do Ouro, Barracão, Marcelino Ramos, e Erechim pela atuação em prol do desenvolvimento das comunidades, principalmente levando energia elétrica a todos os rincões das regiões Alto Uruguai e Nordeste do RS.
    Por sua atuação regional recebeu também o título Sócio Honorário da Associação de Municípios do Alto Uruguai – AMAU; Sócio Honorário do Centro de Estudos de Toxicologia do RS; e Sócio Benemérito da Associação dos Ex-Combatentes do Brasil na II Guerra Mundial.
    Affonso dos Santos Tacques faleceu no dia 9 de Julho de 2003, no Hospital de Caridade de Erechim, e foi sepultado em Palmeira das Missões.