Prefeitura Municipal de Erechim - Variante Delta: A importância da segunda dose
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/15510/variante-delta-a-importncia-da-segunda-dose

11/08/2021

Variante Delta: A importância da segunda dose

Variante Delta: A importância da segunda dose

Com o aumento cada vez mais rápido do contágio de pessoas pela variante Delta da Covid-19, a Prefeitura de Erechim, através da Secretaria de Saúde, pede que a população redobre os cuidados em relação à doença e que todos tomem as duas doses da vacina para completar o esquema vacinal e estar mais protegido.

Conforme destaca o prefeito de Erechim, Paulo Polis, é estratégico se vacinar. “A vacina é o único caminho que temos para vencer a Covid-19. Para a retomada das nossas vidas e para que o cenário pandêmico se amenize precisamos estar vacinados com as duas doses e redobrar os cuidados, principalmente neste momento em que os casos triplicaram no último mês no país em relação à variante Delta da Covid”, frisa.

O chefe do Poder Executivo também reforça que ainda não é o momento para relaxar nos cuidados como evitar aglomerações, fazer o uso correto da máscara, higienizar as mãos e usar álcool em gel.

A variante Delta

A variante Delta é da linhagem viral B.1.617, que apareceu na Índia em outubro de 2020. Em maio de 2021, após ser associada ao agravamento da pandemia, a cepa foi declarada como variante de preocupação pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Conforme estudos, ela é cerca de 97% mais transmissível. 

“Se pararmos de nos proteger vamos acabar criando um ambiente muito perigoso em relação à Delta, porque essa é uma variante mais transmissível, que o contágio é mais fácil, mais rápido e mais letal. Agora os cuidados precisam ser redobrados”, finaliza o prefeito.

Vacinação para 21 anos

Nesta quinta-feira (12) a Prefeitura de Erechim estará vacinando, na Central de Vacinação (Rua Júlio Trombini, 634 – das 8h às 17h) pessoas de 21 anos com a primeira dose. Ainda, as equipes estarão aplicando a segunda dose conforme agendamento na carteira de vacinação.

Documentação

- Comprovante de residência

- CPF

- Identidade

- Cartão do SUS

- Carteira de vacinação