Você está em: Home / Notícias / Conheça o novo logotipo do Arquivo Histórico Juarez Miguel Illa Font criado pelo estudante Pietro Zandavalli

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

CULTURA
07 de Maio de 2021

Conheça o novo logotipo do Arquivo Histórico Juarez Miguel Illa Font criado pelo estudante Pietro Zandavalli

O Arquivo Histórico Municipal Juarez Miguel Illa Font tem uma nova identidade visual. O logotipo criado pelo estudante Pietro Zandavalli foi o vencedor do concurso cultural em homenagem aos 40 anos de criação do setor ligado à Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo.

 

Dez trabalhos foram inscritos e avaliados por cinco jurados em critérios como criatividade, originalidade e aplicabilidade. O logotipo será utilizado em todas as formas da identidade visual, folders, cartazes, impressos, papéis timbrados, convites, envelopes, bandeiras, site institucional e em outras aplicações definidas pelo setor. “Temos que agradecer a todos participantes que apresentaram lindos trabalhos. O concurso cultural fez com que as pessoas que vem aqui todos os dias, se engajassem ainda mais com nosso espaço”, explica o coordenador do AHM Juarez Miguel Illa Font, Henrique Trizoto.

 

O criador da peça, Pietro Zandavalli nasceu na cidade de Água-Boa no Mato Grosso, cresceu em Chapecó e desde 2013 mora em Erechim, onde faz o curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), desde cedo interessado pelas artes, é um apaixonado pelo design gráfico e pelo movimento modernista. "A ideia da logo foi unir a pesquisa histórica representada pela lupa com um dos maiores símbolos do Patrimônio Histórico erechinense que é o Castelinho. Optei por uma composição minimalista que facilitasse a legibilidade, e um contraste de cores que amparasse a mesma através da hierarquia visual, buscando assim criar uma logo atemporal, que correspondesse com esse novo momento do Arquivo Histórico de Erechim”, explica.

 

O secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Neidmar Alves, entregou ao estudante nesta quinta-feira (6), um certificado pelo trabalho realizado. “Essa nova identidade visual é muito importante para a identificação do Arquivo Histórico, que queremos que seja cada vez mais consolidado como um espaço cultural”, finaliza o secretário Neidmar.