Você está em: Home / Notícias / A Covid-19 e os cuidados com as crianças

NOTICIAS

A+ A- texto
normal

SAÚDE
09 de Setembro de 2020

A Covid-19 e os cuidados com as crianças



As orientações para evitar o contágio pelo novo Coronavírus vêm sendo repetidas em diversos locais. Mas as dúvidas sempre surgem. Uma delas refere-se a medidas e cuidados específicos que devem ser adotados para crianças. Apesar de ser a faixa etária com menor incidência, já há casos confirmados e mortes desse segmento da população.

Por terem maior índice de manifestações assintomáticas, crianças podem ser vetores de transmissão para públicos mais suscetíveis de contaminação e evolução do quadro de saúde da Covid-19. Assim os cuidados com essa faixa servem tanto para proteger essas pessoas quanto os que estão ao seu redor.

Cartilha publicada pelo Ministério da Saúde recomenda que os pais expliquem às crianças o que está ocorrendo com a pandemia, a seriedade da situação e o que é o Novo Coronavírus. O diálogo é importante para lidar com os sentimentos como a insegurança e medo, decorrentes das mudanças que surgem neste novo momento.

Nesse papel educativo os pais devem apresentar aos filhos as medidas necessárias para a sua proteção e de quem está próximo, como familiares, especialmente os que integram os chamados grupos de risco.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, não há evidências, até o momento, de transmissão pelo leite materno. Nos raros casos de recém-nascidos com covid-19 não há evidência de transmissão vertical. É desnecessário alterar essa prática entre mães e filhos.

Para o caso de crianças acometidas da doença é importante ficar em ambiente arejado, não receber visitas e evitar contato com pessoas mais velhas. A criança não tem noção de higiene, por isso é importante não expor outras pessoas ao contato com ela.

Quem estiver junto da criança deve estar sempre com máscara de proteção. Após banho ou troca de fralda, é fundamental fazer a higiene das mãos, além de lavar lençóis e roupas da criança separadamente. É importante limpar com álcool as superfícies do quarto e dos locais que a criança usa.

A Sociedade Brasileira de Pediatria alerta que é importante manter o cuidado com outras doenças, especialmente as síndromes gripais nos meses de outono e inverno, o que envolve fazer a vacinação e manter a imunização contra outros vírus em dia.