Prefeitura Municipal de Erechim - EMEF Jaguaretê recebe premiação da AFISVEC
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/11395/emef-jaguaret-recebe-premiao-da-afisvec

23/02/2017

EMEF Jaguaretê recebe premiação da AFISVEC

O Salão Nobre da Prefeitura Municipal recebeu com honras um grupo de alunos da EMEF Jaguaretê, educandário premiado nacionalmente em 2016, em educação inclusiva. A solenidade foi prestigiada por autoridades dos setores envolvidos na promoção e teve apresentação especial de alunos e um deles, o acordeonista Paulo Izoton, fez um pequeno show, cantando e tocando sucesso de Os Monarcas e um clássico da autoria de Carlinhos Stainer. As interpretações mereceram aplausos de todos.

Projeto

O Projeto “Cidade da Educação Fiscal” foi um dos 10 classificados entre 141 projetos de todo o país, que participaram do Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2016. O Prêmio é uma iniciativa da FEBRAFITE em parceria com a Escola de Administração Fazendária - ESAF e o Programa Nacional de Educação Fiscal – PNEF. Jaguaretê, também, classificou-se como a melhor na categoria Escola, em nível de Estado. Este Projeto foi desenvolvido nos anos de 2015 e 2016 com atividades que abordaram aspectos tributários rurais, que deve ser entendido como um instrumento de disseminação de uma nova cultura

Escola

A diretora da EMEF Jaguaretê, Fabiola Salete Izoton, explicou que o prêmio foi entregue em Brasília, ainda no ano passado, quando ela esteve acompanhada da professora Priscila Arcego e outras representantes do município. Para diretora, ficar entre as dez melhores experiências em educação inclusiva no país, já é motivo de muita felicidade para a escola e a comunidade de Jaguaretê.

Educação

A secretária de Educação, Vanir Clara Bernardi Bombardelli, aproveitou o momento da premiação da EMEF Jaguaretê, representada por alunos e professores, para falar especialmente aos estudantes a respeito do objetivo do Ensino Municipal de Erechim de inserir em sala de aula estudo sobre o Centenário da Criação do Município de Erechim, em 2018, despertando nos alunos o interesse pela história local e seus protagonistas, muitos deles, nominando ruas e praças.  Ela falou também do resgate do respeito a hierarquia no âmbito da comunidade constituída, começando pelo prefeito - “o pai de todos” -; os vereadores, às instituições públicas, civis e religiosas, a estrutura da família. E ainda o conhecimento da Língua Portuguesa, atenção com a Matemática e orientação para o consumo e gestão pessoal –, de como economizar, gastando apenas o suficiente. A secretária parabenizou a direção e os professores da escola e motivou os alunos para participar de mais projetos e buscar o primeiro lugar.

Patrocinadores

Representando a AFISVEC, o Vice-presidente da Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais do Rio Grande do Sul – AFISVEC, Gonar Paulo Fernandes, falou em direitos do Estado quanto aos tributos e a utilização deles na melhoria da qualidade de vida das pessoas. Ele classificou com injustas as apropriações de alguns sobre o dinheiro dos tributos pagos pelas pessoas, que serão destinados aos estados e municípios, para que sejam construídas escolas, melhorias das estradas, e aplicação em serviços de saúde, atividades da rotina diária dos gestores públicos. Gonar Fernandes classificou de como um dia feliz a data da premiação, por ter a oportunidade de ouvir educadores falar do quanto é importante colocar na cabeça dos brasileirinhos as obrigações da cidadania e o quão importante é a coleta de impostos para ajudar as pessoas que mais necessitam. O vice-presidente Gonar Fernandes entregou duas placas alusivas a conquista da EMEF Jaguaretê e sugeriu colocá-las na “mais bela das paredes”, pelo que elas representam. “Vocês produziram um belo trabalho”, resumiu.

“Escola da luz do saber”

Os alunos de Jaguaretê emocionaram o prefeito Luiz Schmidt.  Na saudação a turma de estudantes, o prefeito citou algumas quadras de versos antigos – “Escola bonita da luz do saber” – guardados na memória dos anos escolares. Ele associou o momento da premiação com o período da criação dos filhos, quando entoava cantigas de roda e canções da época deles, como destaque para: “superfantástico amigo, que bom estar contigo no nosso balão”, sucesso da garotada nas vozes das jovens do Balão Magico. Schmidt sublinhou que estava ali na função de prefeito de Erechim nu momento seguinte ao desenvolvimento do projeto “Cidade da Educação Fiscal” e na avaliação dele o ex-prefeito Paulo Alfredo Polis e o ex-secretário de Educação Alderi Oldra deveriam presenciar aquela solenidade, “porque do tempo deles colhidos os frutos semeados aquela época e hoje recolhidos”. Luiz Schmidt diz não ser um homem justo, mas tenta ser e isso é diferente de ser, por essa razão, respeitar as conquistas dos outros.

O município espera muito das suas crianças e ali naquele grupo de premiados está um bom exemplo. Lembrou que existem crianças jogados ao abandono, exploradas sexualmente, até mesmo por iniciativa dos pais e isso constrange, apunhala e fere alma de qualquer pessoa que tem o mínimo de sensibilidade e responsabilidade para com seu país e para com a sua cidade. Ele falou também dos adultos funcionais que não conhecem a tabuada. “Combater esse tipo de situação é uma missão nobre, mas é muito mais difícil do que nobre” - avaliou. Mas será assumida inteiramente por seu governo pela confiança que tem na secretária Vanir Bombardelli e nas professoras. “Só assim será possível entregar no futuro uma cidade diferente da que estamos recebendo”, encerrou.

Presenças

 

Prefeito Luiz Francisco Schmidt, Vice-presidente da Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais do Rio Grande do Sul – AFISVEC, Gonar Paulo Fernandes; Vice-prefeito Marcos Lando; Secretário Municipal da Fazenda, Roberto Dionísio Fabiani; Secretária Municipal de Educação: Vanir Clara Bernardi Bombardelli; Fabiola Salete Izoton, Diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jaguaretê; Coordenadora da EMEF Jaguaretê, professora Priscila Arcego;  Diretor Adjunto da AFISVEC, Adalberto Cedar Kuczynski; Presidente do Conselho Municipal de Educação, Ângela Maria Soccol; Delegado da Receita Federal em Erechim, Amauri Secco; Diretora da Equipe Pedagógica da SMED, Fausta Kolba,; Coordenadora de Educação Infantil, Aliana Bonavigo; Coordenadora de Ensino Fundamental – Anos Iniciais, Dorotilde Ronsoni; Coordenadora da Educação Integral, Manoela Smaniotto; Coordeandora de Educação Inclusiva, Marilene Pizzarro.