Prefeitura Municipal de Erechim - Campanha de Eletrônicos recolhe 43 toneladas que irão para reciclagem
Conteúdo

https://www.pmerechim.rs.gov.br//noticia/10653/campanha-de-eletrnicos-recolhe-43-toneladas-que-iro-para-reciclagem

29/01/2016

Campanha de Eletrônicos recolhe 43 toneladas que irão para reciclagem

Desde o início, a campanha, que está na 9ª edição, já recolheu mais de 300 toneladas de lixo eletrônico que vão para a destinação adequada

Campanha de Eletrônicos recolhe 43 toneladas que irão para reciclagem

Desde o início, a campanha, que está na 9ª edição, já recolheu mais de 300 toneladas de lixo eletrônico que vão para a destinação adequada

A 9º edição da Campanha para Recolhimento de Eletrônicos contabilizou 43 toneladas de material arrecadado. O número foi confirmado com a pesagem na empresa Recycle de Passo Fundo. A Secretaria de Meio Ambiente promove duas campanhas de recolhimento de eletrônicos por ano. Uma delas logo após o Natal, sendo realizada no mês de janeiro e outra durante a Semana de Meio Ambiente, em junho.
Vale lembrar que a campanha é realizada em parceria com a empresa recicladora, sem custo para o município. O município é responsável pela comunicação com a comunidade, bem como com a disponibilização de local para que as pessoas possam entregar os materiais. Já a empresa – Recycle – é responsável pela coleta e destinação adequada de todos os materiais arrecadados.

Destinação e reciclagem correta
Os materiais eletroeletrônicos arrecadados, que terão a destinação correta e irão para reciclagem, terão todos os componentes reaproveitados por empresas especializadas e com as devidas licenças ambientais necessárias.
Importante destacar que o meio ambiente pertence à comunidade e o compromisso e a responsabilidade com o planeta não são valores passiveis de delegação. Cada um deve assumir e adotar comportamentos responsáveis, de zelo e cuidado.
A cidade e a comunidade de Erechim são um grande exemplo em questões ambientais, especialmente na realização desta campanha, que tem sido modelo para outros locais. Porém, a decisão de proteger os ambientes naturais e controlar a poluição está sobretudo na rotina diária de cada cidadão. Cada um deve fazer a sua parte.